“É uma missão servir a minha terra

Foto: Rodrigo Gonçalves Jr. “É uma missão servir a minha terra

Foi publicada hoje a primeira entrevista, do Ciclo das Autárquicas 2017, com o candidato da Coligação PSD/CDS-PP. Eugénio Marinho apresenta-se ao eleitorado pela terceira vez, mas diz que esta candidatura é diferente. Está motivado e confiante que pode alcançar a vitória.

Eugénio Marinho pretende tirar partido do PS dividido, daqueles que não se revêm na união de Parcídio Summavielle com o PS e do trabalho feito pelo PSD na Câmara, mas com o actual cenário politico em Fafe, vê a maioria muito longe de ser alcançada. A minha perspectiva é que governarei em minoria”, avança em entrevista a este semanário.

Uma entrevista em que revela as principais ideias da candidatura que passam por fazer a ligação do Parque da Cidade à Câmara, um edifício que seja uma marca de Fafe na Praça das Comunidades, uma piscina municipal entre a Secundária e a Carlos Teixeira para potenciar o desporto escolar e fazer de Fafe o concelho mais solidário do país.

Lmpar as zonas ribeirinhas, dinamizar o centro da cidade, apostar no turismo e montanha e religioso, e atrair emprego de qualidade para o concelho são outras das ideias que desenvolve nesta entrevista em que tece duras críticas a Raul Cunha. “Sei que vou receber uma Câmara que tem um endividamento muito superior ao que existia. Raul Cunha foi um mau gestor, ao sabor do vento, sem programa, sem plano, sem nada…delapidando milhões”, acusa.

Eugénio Marinho escolheu ser fotografado no Arquivo Municipal, espaço que entende ser o exemplo “do que é o PS em Fafe”.

Descubra porquê, na versão em papel, nas bancas.

Pub.

2017 ©NOTÍCIAS DE FAFE ® - Todos os direitos reservados