O sonho do Ricardo: ser o melhor jogador de futsal do mundo

O sonho do Ricardo: ser o melhor jogador de futsal do mundo
No próximo dia 22 de Junho, o Lar da Criança de Revelhe comemora o seu 20º aniversário. Através das páginas do Notícias de Fafe, alguns jovens da instituição têm vindo a público partilhar os seus sonhos. Este é o sonho do Ricardo...

Como qualquer jovem, eu tenho um sonho. Não é um sonho difícil, mas exigente. O sonho é simples: ser o melhor jogador de futsal do mundo. Sempre sonhei em ser como o Ricardinho (o melhor jogador de futsal). Nome já tenho, falta-me apenas os pés. Mas, para isso, sei que tenho de treinar ainda bastante, para que o meu futuro seja como eu gostava. Ter algum dinheiro para poder oferecer à minha família uma casa, com piscina, campo de futebol e dizer aos meus pais que já não precisariam de trabalhar mais na vida. Desde pequeno que gosto de jogar à bola. Jogava com os meus irmãos e amigos na rua, nos parques de lazer, nos campos, no ringue da minha terra... tudo servia de pretexto para fazer o que gostava. Reconheço que ser o melhor jogador de futsal deve ser dose pesada. É preciso muita ambição, dedicação e fé: é este o lema da minha vida. Tenho de acreditar, porque se não acreditar não atingirei o meu sonho. Atualmente jogo num clube de futsal aqui de Fafe, que será de verdade o início da minha carreira. Pode não ser um “clube dos grandes”, ao estilo do Benfica ou Sporting, mas o meu sonho tem de começar por algum lado. Já fiz muitos amigos lá, com os quais tenho aprendido e crescido imenso. A amizade é, sem dúvida, fundamental nesta idade. Neste momento, tenho de conciliar duas coisas na minha vida: o estudo com o desporto. É uma regra fundamental na instituição. O estudo, para preparar o meu futuro académico; o desporto, para procurar o meu sonho. Antes deste sonho maior, tenho um sonho mais pequenito: conhecer pessoalmente o Ricardinho. Assistir ao vivo um jogo dele, pedir-lhe um abraço e umas sapatilhas autografadas e dizer-lhe ao ouvido que o seu reinado irá terminar em breve, pois conto em tirar-lhe o título de melhor jogador do mundo.

Ricardo (14 anos)

Pub.

2019 ©NOTÍCIAS DE FAFE ® - Todos os direitos reservados