Provedora está confiante que os fafenses vão ter orgulho no hospital

Provedora está confiante que os fafenses vão ter orgulho no hospital
Está preto no branco o acordo que fará com que, a um de Janeiro de 2015, o Hospital de Fafe volte a pertencer à Santa Casa da Misericórdia, entidade que há mais de 100 anos o fundou. Ao final da manhã de sexta-feira, 14 de Novembro, três ministros, Pedro Passos Coelho, Paulo Macedo e Pedro Mota Soares e dois Secretários de Estado, Agostinho Branquinho e Manuel Teixeira, apadrinharam a cerimónia que contou com os provedores das três Misericórdias envolvidas nesta primeira fase de transferência de hospitais, Fafe, Serpa e Anadia
Na primeira entrevista ao Notícias de Fafe depois de ter assinado no acordo com o Governo, a Provedora da Santa Casa da Misericórdia garante que tudo fará para que os fafenses tenham cuidados de saúde de qualidade mas avisa que “não vai ser num ano que vamos pôr tudo a trabalhar a 100%.” Maria das Dores João diz que “a população tem que se convencer que foram 11 anos a deteriorar-se e que não será de um dia para o outro que tudo ficará bem”. Mostra-se no entanto convencida que daqui a uns anos “os fafenses se orgulharão do Hospital de Fafe” e possam dizer “ainda bem que regressou à Misericórdia”. Uma entrevista para ler na íntegra na edição impressa

Pub.

2020 ©NOTÍCIAS DE FAFE ® - Todos os direitos reservados